quarta-feira, 1 de março de 2017

CRISE

De Marcelo Rubens Paiva:
"FNAC fora, Livraria Cultura em crise e o país segue apostando na sua ignorância absoluta, apaixonado pelas redes sociais. Fofocar não basta!"

E NA CIDADE DESMORALIZADA...

Até a molecada mais nova ataca delegacias com ovos. E as autoridades... boiando!

VOZEIRÃO

Jorge Perlingeiro. Ele narra a história das notas das escolas de samba há 24 anos. 
Com imagem do Correio Braziliense
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e sapatos

O AMIGÃO DE TEMER

"(José) Yunes é aquele personagem que parece coadjuvante na novela mas que tem potencial o suficiente p/atingir o núcleo dos protagonistas"
Andréia Sadi - repórter da Globo News (no Twitter)

"A ILHA DO DR. MORO"

De Mário César
ilha-doutor-moro

CHUTE (?)

De Ricardo Alcântara
"BEM, 2017 VAI COMEÇAR. A Globo é o termômetro do que trama o califado paulista. E ela está partindo pra cima do Temer. Até aqui, porrada técnica: machuca, mas não quebra. Quer saber o que a Globo dirá daqui a 50 dias?
Assista seu canal de assinatura, a Globonews!
E como nada ali acontece por acaso, Temer anda nervoso.
O que se passa, afinal? Um palpite:
Estão se preparando para a cassação dele no TSE.
Por que? Porque a Lava Jato, de um jeito ou de outro, segue adiante. E vai despejar delações no balde da Justiça Eleitoral.
O que vem depois? Um tucano eleito pela via indireta do congresso nacional.
No limite, o plano envolve ainda a prisão de Lula.
Mas isso aí vai ficar na dependência de outras coisas.
Coisas que escapam ao controle absoluto do califado.
Pode não ser assim, mas parece que é!"

NO INTERIOR É ASSIM...

Tem o "Chico do seu Raimundo". O "Zé da Genoveva" E o "Raimundo meu!". São as referências familiares. Ainda hoje existe isso!

BRONCA

Ricardo Alcântara
"Não celebro festa que resulta em tanta tragédia. Dá uma passadinha lá no IJF, vai!"

COMO NO PASSADO...

Via Facebook
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

CURTA, VIA NET!

http://www.academia.org.br/
Nenhum texto alternativo automático disponível.

DO DN - 2

Como se gente fosse mercadoria (na calçada da rua da feira): "Estado contabiliza 30 homicídios no Carnaval"

VEJA BEM!

Do Twitter

MAIS UMA PRA HISTÓRIA

A loa do maracatu Nação Fortaleza, de Calé Alencar, homenageou a cacique Pequena, do povo Kenipapo-kanindé. O grande Calé sempre fazendo a parte dele!

BOA, BOA!

Clayton do O Povo
Nenhum texto alternativo automático disponível.

DO DN

FIM DE FESTA (PRA ELES!)

Hora de juntar os retalhos e ver se dá pra fazer uma colcha pra meia cama!

NINGUÉM É MAIS...

...amigo que um notívago de sua madrugada!

CHAMEGO CHAMEGOSO!

Do Facebook
Nenhum texto alternativo automático disponível.

TUDO BEM!

Você acha o maracatu (cearense) dolente e chato. O de Pernambuco é mais animadinho. Mas o daqui tmabém é tradição, afetividade, história de dor e vida. Um simbolismo relativo a muitos povos. Sem contar que existe muitas outras variações (de ritmos). Informe-se melhor sobre isso e respeite mais...

A LINGUÍSTICA

Nunca diz que a linguagem formal é desimportante. O que ela diz é que outras formas de comunicação, que você considera errada, são válidas. Assim, um sertanejo ou um surfista conversando com outro não está falando errado (dizer isso chega a ser pedantismo). O que eles estão praticando é uma forma diferente de comunicação. Que não inclui a linguagem formal (escolar/livresca). Mas que tem sua relevância. Tendeu?!